Colégio Dom Amando homenageia professor Carlos Amorim

Postagem: 19/12/2017
 
 

Depois de mais de 30 anos ministrando aulas de Ciências e Biologia, o professor José Carlos Amorim Rebelo, despediu-se das salas de aulas do Dom Amando neste final de ano. Amavelmente conhecido como “Carlinho” o docente marcou várias gerações de estudantes do ensino fundamental e médio do colégio. Tendo a serenidade e a comunicação como seus diferenciais, ele não deixava passar um detalhe em suas aulas que eram sempre marcadas pela organização e zelo com o ensino. Ao se despedir, falou da sensação após todos os anos de dedicação à educação: “Sigo com o sentimento de missão cumprida. De que fiz o melhor possível e hoje vejo os frutos desse trabalho. Ex-alunos sacerdotes, professores, farmacêuticos, dentistas, médicos, enfermeiros, delegados, advogados, fisioterapeutas, bancários. É muito gratificante”

Durante a confraternização do CDA, no último sábado (16), professor Carlinho recebeu das mãos do coordenador geral do Dom Amando, Handerson Bentes, uma placa de honra ao mérito e uma linda imagem de São José, patrono do colégio. “Obrigada por se dedicar com tanto zelo à educação no Dom Amando e em Santarém, professor Carlos”, agradeceu o coordenador em nome de toda a família CDA.

 

História – Contratado no dia 01 de outubro de 1987, o farmacêutico bioquímico Carlos Amorim, começou sua carreira na docência ministrando aulas de Ciências para os estudantes do ensino fundamental. Não demorou para que fosse convidado para atuar também no Ensino Médio, onde foi professor até novembro de 2017. O santareno de 61 anos, tem dois filhos que estudaram no CDA e hoje, formados, moram na capital do estado. Para o professor, a aposentadoria era algo inevitável, mas que não garante que parar de trabalhar, pois ainda tem muito a oferecer como profissional para o crescimento de Santarém. “Meu projeto é dar continuidade ao trabalho de farmacêutico bioquímico que exerço em manipulação de produtos naturais e fitoterápicos”. Segundo o professor, ele vai levar a marca CDA para onde for, pois se sente parte da história do colégio e sua vida pessoal e se profissional se confundem com a trajetória trilhada no Dom Amando.